Objetivo:

A minha missão, e é assim que eu encaro esse trabalho, é de apenas divulgar a boa e bela música! Pois é inconcebível deixar as pessoas sem conhecer o verdadeiro Rock. Não consigo imaginar alguém nascer, crescer, viver e morrer sem ouvir pelo menos a metade do conteúdo deste Blog. É uma tortura para meu ser pensar que isso possa acontecer! Quero também deixar muito claro que não pratico pirataria. Os links expiram em 60 dias e sabemos, como bons apreciadores, que um mp3 tem péssima qualidade. Porém, não existe nada melhor do que achar um som na internet, baixar, se deliciar e depois comprar o original, com encartes, um som puro e perfeito! Preservando assim os direitos autorais dos artistas que as produziram!

Desejo a todos uma viagem sonora cheia de delícias musicais!

CLAUDIOTULL

quarta-feira, julho 02, 2008


GENTLE GIANT - 1970
Este é o álbum de estreia dessa maravilhosa banda, um expoente do Progressivo Inglês, formado em 1970, pelos três irmãos Shulman, após o fim da banda pop Simon Dupree & The Big Sound, em 1969, e foi, sem dúvida, um dos mitos criados por esse gênero, que até hoje possui uma legião de fãs pelo mundo (como eu). Junto aos irmãos Phil, Derek e Ray, juntaram-se à banda Martin Smith, Kerry Minnear e Gary Green. Tocaram por toda a Inglaterra, durante 4 anos, com boa recepção tanto da rádio como da TV. Chegaram a lançar um single no Top 5 da parada britânica. Não é exagero dizer que tudo o que os Beatles representaram de novidade e inventividade para o rock, o Gentle Giant representou igual para o rock progressivo. Com seu som certeiro e que cativava a primeira audição, suas composições eram uma mescla de partes iguais de rock, jazz, música clássica, avant-garde, blues e o bom e velho som “medieval” inglês. Outra coisa que sempre chamou a atenção na banda foram os vocais multiplos, sincronizados como jamais se viu antes e como se viu depois na história do rock. Exploraram moogs, mellotrons e uso de rhodes da Fender com muita maestria. Entre a sua magnífica discografia, todos os álbuns entre “Acquiring The Taste” e “Playing The Fool”, de 1977, são, até hoje, essenciais para qualquer coleção de rock progressivo.

BAIXEM ESSA PÉROLA!!!

CLAUDIOTULL

Um comentário:

GRAVETOS & BERLOTAS disse...

Faço minhas as suas palavras e acrescento: depois do surgimento de GG o prog nunca mais foi o mesmo. Gentle Giant sempre foi e sempre será minha banda prog predileta.
[]ões